Santa ingenuidade

Quando JJ regressou ao Benfica, tive sentimentos mistos. Por um lado, não o queria de volta, porque foi um ciclo bem fechado. Por outro, havia algum entusiasmo porque as coisas poderiam mudar para melhor. Hoje reconheço o quão errado estava na minha maneira de pensar.

1. Achava eu, na minha ingenuidade, que Jorge Jesus era o tipo de treinador que nós precisávamos, porque nesta estrutura deprimente, era preciso um “louco” por futebol para dar ambição à equipa. Passado quase meio ano, do JJ “louco” pouco vimos. Aliás, tirando as afirmações de “jogar o triplo” e de “arrasar”, ditas bem no início, JJ polémico só mesmo para atacar o Bernardo Silva. E dentro de campo, temos uma equipa amorfa à sua imagem.

2. Achava eu, na minha ingenuidade, que Jorge Jesus tinha mudado, que não era o teimoso de outrora. No entanto, como no passado, JJ vai continuando a fazer o Benfica pagar pela sua teimosia. Já toda a gente percebeu que o meio campo do Benfica só com dois homens não funciona, mas JJ insiste. Insiste e vai continuar a insistir porque não é capaz de reconhecer erros.

3. Achava eu, na minha ingenuidade, que as vacas sagradas iriam amansar. Achava eu que o tempo dos Emersons, dos Robertos e afins já tinha passado. No entanto, jogo após jogo, a realidade trata de mostrar o quão crédulo eu era.

4. Achava eu, na minha ingenuidade, que todo e qualquer jogador que fosse displicente ficaria de orelhas a arder na hora. No entanto, displicência é o que mais temos visto.

5. Achava eu, na minha ingenuidade, que Jesus vinha sem carta branca para escolher jogadores aleatórios. Achava eu que o tempo dos Felipes Meneses e dos Cortezes já tinha acabado. No entanto, há sempre um Gilberto para nos fazer regressar à terra.

6. Achava eu, na minha ingenuidade, que JJ estaria mudado também no que toca à formação, escaldado por ver as pérolas do Seixal a singrarem, incluindo à custa dele próprio. Achava eu que Gonçalos Ramos e Florentinos teriam uma hipótese. Vai-se a ver, apostas do Seixal só um Nuno Tavares que no ano passado demonstrou que não está pronto e um Diogo Gonçalves, que além de só ser aposta fora da sua posição, é-o quase por obrigação, dado que é 3ª opção. E por cada Florentino que não cabe, há um Gabriel a fazer disparates a toda a hora.

Principalmente, 7. Achava eu, na minha ingenuidade, que com um investimento de 100M de euros investidos em boa parte em craques (coisa que não tem sido normal nos últimos anos), as coisas só podiam melhorar. No entanto, ao fim de pouco mais que uma dezena de jogos, não só o futebol não tem sido extraordinário, como, ao longo do tempo, a qualidade de jogo tem vindo a decair. O que vale é que há sempre desculpa, quanto mais não seja o é o número de faltas sofridas.

A primeira passagem de Jorge Jesus pelo Benfica foi um misto. Tivemos períodos de grande futebol, principalmente no seu primeiro ano e nos anos do minuto 92 e do triplete, e tivemos períodos de futebol miserável e total apatia por parte de JJ, cuja negatividade era exacerbada com teimosias parvas. Após uma passagem tão bem sucedida no Brasil, tive esperança que tivesse vindo o JJ bom. Infelizmente, até agora, só temos visto do mau. Porém, nada que preocupe Vieira, pois o grande objetivo da vinda de JJ foi cumprido há cerca de duas semanas. Temos que aprender a lidar, não é?

12 thoughts on “Santa ingenuidade

    1. mas filipe não te preocupes que daqui a um pouco vem um pincel qualquer dizer que é lidar, que se não gosta muda de clube e para tomares qualquer coisa para a azia.
      e que esta tudo bem o pior é que estes infelizmente são a maioria agora.

      Gostar

  1. eu sempre achei que íamos levar com o mesmo bazofias, e sobre valorizado, de sempre e infelizmente não me enganei.
    quando ele foi contratado achei que ele ia trazer um cortez, o que não esperava é que fosse logo a primeira contratação.

    só que eu na minha ilusão achei que algumas das excelentes contratações iam disfarçar os vários buracos que tínhamos no plantel e os disparates do treinador só que infelizmente nem isso.

    mas lá estar jogar o triplo não sei mas a mamar o triplo isso já ele consegui.
    e a incapacidade de criar oportunidades em jogo posicional é patético, mas depois o rui e o lage é não eram treinadores.

    Gostar

  2. No futebol quantos treinadores regressaram e tiveram mais sucesso do que na passagem anterior? Muitos poucos. Nunca concordei com o regresso do Jorge Jesus. O Benfica precisa de um novo ciclo, se não é no Presidente, deveria ser na estrutura do futebol. Os ciclos no futebol são muito difíceis de gerir e curtos 2-3 anos no máximo, apenas Ferguson conseguia gerir isso com mestria.
    Por outro lado, no ponto 6 ao ver Florentino ser emprestado, Gonçalo Ramos no banco só para calar a malta, Ferro a deixar de contar por completo, pergunto valerá a pena gastar € na formação se depois não servem para jogar? Do outro lado, o ponto 7, onde anda o famoso scouting? é que comprar jogadores de 18M e 25M não é scouting!

    Gostar

    1. podes utilizar todos os argumentos menos esse de que os retornos não resultam, porque nem sequer isso é verdade.
      e este se não resultar não é por isso mas pelas características e sobre valorização das qualidades do treinador.

      Gostar

      1. Diga-me no futebol um regresso com sucesso? A minha perceção é que existem muitos poucos casos e até os que correm bem, acabam por ser piores do que a 1ª vez (ex: Erickson no Benfica e Mourinho no Chelsea).

        Gostar

        1. otto gloria, mortimore, toni e antes um treinador que agora não sei de cor todos com mais ou o mesmo sucesso do que da primeira vez.
          mesmo o erickson é um mito que tenha sido pior que a primeira vez, o único que foi pior foi o terceiro ano, mas teremos de perceber a razão também.
          e no mundo o que não devem é faltar casos de retornos com sucesso.

          Gostar

          1. A minha perceção é contrário e numa perspetiva mais global, mas posso estar enganado. Resumindo preferia outro treinador com vontade de mostrar trabalho, de se destacar, e não um que só acha que não treina um grande clube do top 5 porque não calha ou fala mal inglês.

            Gostar

            1. mas nisso estou completamente de acordo, eu pela minha parte ainda tenho muitas mais razões que essas que aponta para ele não ter vindo.
              a única que eu não tenho é essa do retorno, porque existem vários casos retorno de sucesso no nosso clube, mas esses retornos só tiveram sucesso porque existiam razões para o retorno neste caso não existem nenhumas

              Gostar

  3. Santa ingenuidade? Companheiro, será que ainda acreditas no Pai Natal?
    Estamos a falar de artistas com 60 e tal anos que já cimentaram personalidades e egos e não mudam e se o fazem é para pior!
    Eu sou 1 dia mais novo que o basófias e sei do que falo.
    Essa “ingenuidade”, indo pelo lado mais soft, diz que serás dos que gostam de dar segunda oportunidade.
    Ora, a essa gente, os velhos e os mais novos que fazem de bobis e tarecos não se deve dar segunda oportunidade.
    Quanto ao Alexandre que questiona se se deve gastar na formação, só posso dizer que:
    Não me digas que queres acabar com a mama do Mendes e mais alguns tubarões que estão encapotados?
    Já pensaste quanto esse(s) mamão(ões) empocham cada vez que um dos que eram da formação muda de clube?
    Famoso scouting? referes-te ao Mendes, Vieira e Rui Costa?
    O Boto já foi de vela faz tempo!
    É que o scouting não dava comichões!
    Estou a escrever isto com o “prazer” de constatar que faz meses, anos, que a ingenuidade foi para o cano e muito do que disse e escrevi estava certo.
    Se o povão está estupidificado de tal maneira que só vota em papagaios o problema é deles que lhes sai do bolso!
    Seja nos impostos quando elegem ladrões, seja nas camisolas, cachecóis, red passes, btvês e toda a tralha que lhes enfiam no gargalo!
    Viva os 62%!
    Carrega indústria!
    p.s.- não contem comigo (faz tempo) para largar um euro para essa corja!

    Gostar

  4. Quero acabar com essa mama e acho que votei nesse sentido. Sobre o Scouting é famoso nas palavras do presidente, mas que não descobre nenhuma peróla desde 2016 (quando firmarmos o acordo dos tais 10% do parceiro estratégico). Boto numa entrevista diz que os grandes empresários criaram enormes estruturas de prospeção e que concorrem com os clubes. Parece-me que na Luz e Seixal fizemos outsourcing.

    Gostar

  5. Tinha emoções mistas, reconheço que gosto daquele futebol furioso e atacante, mas Jesus hoje é um flop (equipa cansada?, está no gozo, só pode), os gastos irracionais, vamos ter uma época negra, ele não vai mudar o seu futebol, o plantel na defesa e no miolo do meio campo é um mar de equívocos. Com o covid, sem receitas isto tem tudo para correr bem desportiva e financeiramente, tudo para correr bem. Com um presidente arguido, uma estrutura que não estará focada no futebol e na busca de soluções, vamos ter 4 anos de alegrias é o mais certo.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s