O discurso do mister

Bruno Lage foi uma lufada de ar fresco para o Benfica. E foi-o não só porque trouxe um futebol agradável, prazeroso até, capaz de optimizar todos os recursos humanos até então desaproveitados, mas também porque galvanizou os adeptos em torno do Benfica, possibilitando uma onda vermelha que se ia tornando cada vez mais adormecida. Contudo, … Continue reading O discurso do mister

Anúncios

A responsabilidade da instituição Benfica perante o futebol português

"Queremos rivais fortes, só engrandecem as nossas vitórias", disse o presidente Luís Filipe Vieira. Estas declarações deixaram-me intrigado desde que foram proferidas. O timing das mesmas foi péssimo, dado que foram proferidas dois dias antes de perdermos contra o Porto na Luz, no jogo que praticamente sentenciou que não seríamos pentacampeões. Mas a essência é … Continue reading A responsabilidade da instituição Benfica perante o futebol português

Um complemento para as pertinentes propostas de Bruno Costa Carvalho para uma alteração estatutária

Há alguns meses atrás, escrevi o primeiro de vários textos que tinha planeado sobre os estatutos do Sport Lisboa e Benfica. Entretanto, o saudoso Bruno Costa Carvalho antecipou-se a mim e elaborou uma excelente proposta para revisão estatutária que eu na altura até partilhei na página, e que partilho outra vez, porque de facto é … Continue reading Um complemento para as pertinentes propostas de Bruno Costa Carvalho para uma alteração estatutária

As pertinentes propostas de Bruno Costa Carvalho para uma alteração estatutária – Parte 2

Há alguns meses atrás, escrevi o primeiro de vários textos que tinha planeado sobre os estatutos do Sport Lisboa e Benfica. Entretanto, o saudoso Bruno Costa Carvalho antecipou-se a mim e elaborou uma excelente proposta para revisão estatutária que eu na altura até partilhei na página, e que partilho outra vez, porque de facto é … Continue reading As pertinentes propostas de Bruno Costa Carvalho para uma alteração estatutária – Parte 2

As pertinentes propostas de Bruno Costa Carvalho para uma alteração estatutária – Parte 1

Há alguns meses atrás, escrevi o primeiro de vários textos que tinha planeado sobre os estatutos do Sport Lisboa e Benfica. Entretanto, o saudoso Bruno Costa Carvalho antecipou-se a mim e elaborou uma excelente proposta para revisão estatutária que eu na altura até partilhei na página, e que partilho outra vez, porque de facto é … Continue reading As pertinentes propostas de Bruno Costa Carvalho para uma alteração estatutária – Parte 1

Quem é que quer saber de campeonatos nacionais, quando podemos festejar o campeonato dos lucros?

Rui Lança, coordenador estratégico das modalidades profissionais de pavilhão do Benfica desde 2018, foi entrevistado pelo Record. Algumas notas sobre a entrevista. 1. Diz Rui Lança que o Benfica quer a "filosofia do Seixal nos pavilhões". Ao mesmo tempo, anunciou que as equipas B vão acabar já nesta época que se inicia. Ou seja, quer-se … Continue reading Quem é que quer saber de campeonatos nacionais, quando podemos festejar o campeonato dos lucros?

Análise à época desportiva: Update #5

Chegou ao fim a época da nossa equipa de futsal, e temos motivos para nos sentirmos orgulhosos, pois o Benfica sagrou-se campeão nacional pela 8ª vez. Quem viu a final no ano passado, percebe facilmente que esta se decidiu nos pormenores. O Sporting vence o primeiro jogo, o Benfica vence o segundo com um golo … Continue reading Análise à época desportiva: Update #5

Um super-agente que não faz super-negócios

Ser parceiro do Benfica deve ser uma das coisas mais fáceis do mundo. Pode não ser bem assim, mas certamente é assim que deve pensar Jorge Mendes. Sucedem-se as vendas milionárias nos últimos anos. Guedes, Semedo, Ederson, Lindelöf, Gaitan, Renato, entre tantos outros jogadores, alguns com poucos meses de Benfica, rumaram a outras paragens. Em … Continue reading Um super-agente que não faz super-negócios

O fim da Eusébio Cup?

Comecemos pelo enquadramento histórico. Em 2008, nas cabecinhas pensadoras da direção do Benfica, fez-se luz (esta uma das boas), e criou-se um torneio de pré-época que, embora seja um jogo amigável, desde o dia um se tornou um jogo com uma mística enorme. Não era para menos, era a grande homenagem à maior lenda de … Continue reading O fim da Eusébio Cup?

O plantel do Glorioso – Parte 9: A equipa B, a equipa sub-23 e os negócios por fazer

Depois de 8 crónicas onde refleti sobre a construção do nosso plantel para atacar o 38, falta falar no que fazer com o talento todo que não deveria, a meu ver (realço a pessoalidade da opinião), fazer parte do plantel. Algumas destas visões já foram expostas nas crónicas anteriores, sendo que nesta está tudo resumido. … Continue reading O plantel do Glorioso – Parte 9: A equipa B, a equipa sub-23 e os negócios por fazer