O plantel de 21/22

Desenhar o plantel do Benfica para a época seguinte, fazendo uma análise das valias dos atuais jogadores e identificando as lacunas, é sempre um exercício engraçado. É como jogar Football Manager, mas sem estar condicionado aos atributos que os olheiros do jogo definiram. É porém menos engraçado quando o ponto de partida é o Benfica … Continue reading O plantel de 21/22

O lado perigoso do argumento “o cidadão Vieira não pode ser confundido com o presidente Vieira”

"Os negócios da vida pessoal de Luís Filipe Vieira não têm nada a ver com o Benfica, não misturem as coisas".Quando o BES começou a ruir, uma das várias empresas que devia dinheiro ao banco era a Imosteps. Devia 54 Milhões de Euros. A Imosteps é uma empresa do império de Vieira, ou seja, na … Continue reading O lado perigoso do argumento “o cidadão Vieira não pode ser confundido com o presidente Vieira”

Aturem-no, que a partir de agora só vai piorar

Em 2017, Vieira dizia que não se podia ganhar sempre, dizia que não se podia fazer loucuras por causa de um penta-campeonato. O Benfica deixou de investir no seu core business, que é o futebol, e durante algum tempo inclusivamente adiantou receitas para pagar dívidas aos bancos, para abater portanto passivo que a gestão do … Continue reading Aturem-no, que a partir de agora só vai piorar

O reforço da máquina de vícios, a.k.a., estrutura

A imprensa desportiva, hoje em dia, é algo em que poucos adeptos confiam. Contudo, não é por isso que ela deixa de ser usada por atores desportivos, seja para promoção de ativos, seja para preparar adeptos para decisões menos consensuais que estejam previstas. É um pouco a capa encomendada que cheira a capa do Record … Continue reading O reforço da máquina de vícios, a.k.a., estrutura

A venda do naming do Estádio em 6 pontos

1. Sou totalmente a favor da venda do naming do Estádio. Compreendo os mais românticos, mas sou da opinião que o verdadeiro Estádio da Luz morreu algures no início do século. Não é que não goste do atual, que até acho que tem bastante encanto, mas não é a mesma coisa. Por isso, acho bem … Continue reading A venda do naming do Estádio em 6 pontos

As razões do insucesso – Um desenho para pulhas.

Ser funcionário na comunicação do Benfica é um ofício muito peculiar. Por um lado, na maior parte do tempo, é um trabalho fácil pois basta seguir acriticamente a cartilha por alguns definida. Por outro, nalguns momentos de exceção, exige uma criatividade extraordinária que só os melhores possuem. Nas últimas semanas, com a época do Benfica … Continue reading As razões do insucesso – Um desenho para pulhas.

Cinco curtas sobre a atualidade recente

Jorge Jesus queixou-se que Waldschmidt não percebe o que ele diz porque não fala português. Poderia ser um sketch dos Monty Python, mas é algo que, sendo uma realidade no nosso Benfica, não tem graça nenhuma. Portanto, numa equipa técnica das mais caras do mundo, não há a capacidade de se contratar um tradutor ou … Continue reading Cinco curtas sobre a atualidade recente

5 curtas sobre a atualidade Benfiquista

Esta semana tem sido rica em acontecimentos a envolver o nosso Benfica. Esquecendo por um instante o descalabro desportivo recente, aqui fica um curto comentário sobre 5 temas. Infelizmente, confirmou-se hoje o desfecho mais aguardado relativamente a Alfredo Quintana. Enorme desportista dentro da quadra, não menos enorme fora da quadra, tanto que são vários os … Continue reading 5 curtas sobre a atualidade Benfiquista

Crónicas de um desesperado – O triste sabor da indiferença

O fracasso dói, mas o que mais custa é não ver a luz ao fundo do túnel. É assim que me defino perante o Benfica atual. Ao longo dos anos, habituei-me a estar do outro lado da barricada. Contudo, até nos piores momentos havia sempre qualquer coisita que nos ia alegrando e a que nos … Continue reading Crónicas de um desesperado – O triste sabor da indiferença