O negócio dos pneus do Benfica. Quase literalmente.

Na Rotunda Cosme Damião, junto ao mini-shopping e ao Museu, acho que já todos reparámos que opera uma oficina de pneus, de seu nome MegaPoint. Esta MegaPoint, também chamada MegaMundi (imagem abaixo), abriu em 2014, ocupando o lugar da Catedral do Automóvel, do Grupo Salvador Caetano. Mas... que empresa é esta? Bem, a resposta na … Continue reading O negócio dos pneus do Benfica. Quase literalmente.

Quereremos ser um Benfica poluto ou impoluto?

Nenhum clube é corrupto na génese, porque as instituições, por si só, não são criminosas, são apenas... instituições... No entanto, se os clubes são apenas instituições, não são nada sem os seus adeptos. Os adeptos são quem faz a cultura de um clube, e, por isso, se um clube for alguma coisa mais que uma … Continue reading Quereremos ser um Benfica poluto ou impoluto?

O estranho caso de Luquinhas

Um dos temas que mais esteve em voga na última semana foi a alegada existência de negócios ilegais entre o Benfica e o Aves. Pessoalmente, com os factos que tenho, pouco vi de ilegal. Cláusulas anti-rivais, manutenção de direitos de jogadores que saem, et cetera, tudo isto, são práticas correntes no futebol que nada têm … Continue reading O estranho caso de Luquinhas

A pior entrevista alguma vez dada por alguém que se acha um visionário.

Pura campanha eleitoral, com perguntas à medida e demagogia às resmas, tudo isto pago pelo clube com dinheiro dos sócios. É o resumo daquela que foi provavelmente a pior entrevista de Vieira alguma vez dada. 1. Entre a tradicional demagogia do campeonato da credibilidade e de que o Benfica é dos clubes mais respeitados e … Continue reading A pior entrevista alguma vez dada por alguém que se acha um visionário.

OPA: Bullet dodged

Que se perceba o seguinte: a importância do chumbo da CMVM à OPA ganha contornos ainda mais relevantes quando vamos entrar numa crise económica grande e, com isso, evita-se que o Benfica esbanje bastantes milhões em algo que mudará pouco a sua vida. Para o "Rei dos Frangos", para o próprio Vieira e para os … Continue reading OPA: Bullet dodged

A OPA cheira cada vez pior

Vieira pode chorar lágrimas de crocodilo sempre que quiser, mas a realidade é que a OPA cheira cada vez pior. Se a imprensa estiver correta, e nestes assuntos tem acertado bastante, soube-se que José António dos Santos não é apenas sócio de Vieira. Soube-se assim que o maior accionista individual da SAD é também credor … Continue reading A OPA cheira cada vez pior

À vista desarmada: Desmontando a cartilha

Um dos argumentos mais batidos para defender a OPA é a de que quem mais vai ganhar com ela é quem no passado salvou o Benfica. Pois bem, pode até aplicar-se nalguns casos, mas, para José António dos Santos, o tal amigo de Vieira que vai amealhar cerca de 15 milhões, isso não é verdade. … Continue reading À vista desarmada: Desmontando a cartilha

À vista desarmada?

No meio do descalabro desportivo, quase passava despercebido este artigo. Há dois meses, muitos questionaram o porquê do Benfica, do nada, ter lançado uma Oferta Pública de Aquisição pagando o dobro daquilo que valem as ações do Benfica, muito mais até do que o máximo histórico do valor das ações. De facto, estrategicamente, por muitas … Continue reading À vista desarmada?

Dyego Sousa: o adiamento de uma negociata?

O empréstimo de Dyego Sousa tem a duração de 12 meses. Por outras palavras, o internacional português estará ligado ao Benfica até meio da próxima época. Qual é a razão por detrás desta peculiar duração de negócio, que naturalmente dificulta a preparação de uma época? Qual é a probabilidade do parceiro estratégico querer que o … Continue reading Dyego Sousa: o adiamento de uma negociata?