Quatro notas curtas sobre a atitude do Rafa

Quatro notas curtas sobre a atitude do Rafa

  1. Quem não sente, não é filho de boa gente. Há um ano, quiseram fazer dele o bode expiatório para explicar a miséria de futebol que a seleção joga. “Gerava desconforto”, diziam eles, um jogador que era 4ª ou 5ª opção. Mais tarde, quando Rafa se lesionou, questionaram se estava mesmo lesionado (sim, porque os outros que têm sempre dores musculares antes das pausas das seleções, esses sim é que são sempre honestos). Que vontade é que alguém que é tratado assim tem para jogar por esta seleção?
  2. Sejamos francos, isto na prática não tem grande valor. À frente do Rafa na hierarquia estão uma série de melhores jogadores, a começar pelo nosso Bernardo. Contudo, mesmo tendo um impacto diminuto, o Rafa, por ter espinha, já conseguiu muito mais do que talvez imaginasse, que foi pôr uma série de idiotas a espumar raiva. Bravo!
  3. Para nós, Benfiquistas, acaba por ser uma boa notícia. Um jogador titularíssimo que pode agora descansar em vez de ir perder tempo à seleção? Ótimas notícias!
  4. Se isto alguma vez voltar a acontecer, que haja coragem para defender acerrimamente o nosso jogador, coisa que foi muito pouco feita na altura.

Em suma, da minha parte, só posso estar solidário com o Rafa! Palmas 👏

Advertisement

5 thoughts on “Quatro notas curtas sobre a atitude do Rafa

    1. Bernardo Silva, João Félix, Gonçalo Guedes, Rafael Leão, Diogo Jota, Bruno Fernandes… E sim, o próprio Ronaldo, apesar de tudo, ainda está um nível acima do Rafa, apesar de ser incomparável dado que hoje em dia joga mais à frente. Seja como for, nestas coisas, temos de ser imparciais na nossa análise.

      Gostar

      1. Mas quem é o Crítico para poder concluir o que é uma análise “imparcial”?

        O dono da verdade?!?

        Essa agora.

        As análises serão pessoais e, sem exceção, parciais.

        Eu acho Rafa muito melhor – HOJE – que Félix, Ronaldo, Fernandes, Jota, Guedes e Leão.

        E esta é a minha “análise imparcial”.

        Gostar

  1. Curiosamente hoje no jogo contra a Espanha, a velocidade de Rafa para ganhar antecipações na 2ª parte podia ter sido fundamental. Talvez nenhum dos jogadores citados consiga isso.

    Lá está, não é uma questão de imparcialidade, nem de fazer comparações entre jogadores se são melhores ou piores, é saber se um jogador x num momento x pode trazer algo de novo à equipa.

    Não deixa de ser irónica a derrota num jogo que na 2ª parte pedia velocidade de saída, algo que Rafa podia ter uma palavra a dizer se estivesse fresco.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s