Análise à época desportiva: Update #2

Com a euforia a desvanecer, é preciso um bocado de espírito crítico para analisar esta época. Felizmente, fomos campeões, mas é preciso reconhecer que nem tudo correu bem.

Como fui referindo ao longo da época, sou da opinião que o plantel foi, em teoria, bem construído. E digo-o sem ironia, pois não havia uma única posição que não tivesse duas opções válidas. Sim, Yuri Ribeiro foi um erro de casting, sim, Castillo e Ferreyra foram flops (ou talvez não o fossem, se tivesse oportunidades com Lage como teve Gabriel), sim, Lema foi uma contratação desnecessária. Porém, analisando o plantel do Benfica em Agosto, eu diria que o trabalho tinha sido bem feito.

Só que a planificação de uma época é mais do que escolher um bom plantel. Mais importante que isso é a escolha do líder, pois esta escolha define todo um projeto. E o timoneiro escolhido pelo Benfica foi um erro. Rui Vitória estava esgotado. Tornou-se claro no ano anterior que, tecnicamente, foi um dos piores treinadores que já passou pelo Benfica. Socorria-se da componente mental, só que, no fim da época anterior, tornou-se também claro que a sua liderança estava esgotada. Perante isto, a sua substituição teria de ter acontecido, e a sua permanência quase estragou uma época.

A campanha na Liga dos Campeões foi desastrosa. O percurso do Ajax mostrou que é possível um clube como o Benfica ter ambição na Europa, mas com Rui Vitória, o melhor que conseguimos foram duas vitórias tangenciais e sofridas contra o fraquíssimo AEK Atenas, com um punhado de exibições miseráveis pelo meio contra esse mesmo Ajax numa altura em que ainda não tinha engrenado e contra o Bayern de Munique, como um qualquer Astana desta vida (com todo o respeito pelos cazaques). No campeonato, com Rui Vitória, a desvantagem por ele cavada colocava-nos na luta pelo terceiro lugar.

Felizmente, depois de uma primeira luz do presidente (um dos momentos mais inenarráveis da história recente do Benfica), Rui Vitória finalmente deixou o cargo, entrando para o seu lugar um interino que passou a treinador efetivo. Segundo consta, esta escolha foi devida a negociações falhadas com outro treinador português. Ora eu digo, há males que vêm por bem, e é discutível que essa falha negocial é mesmo um mal. Contudo, para este senhor, de seu nome Bruno, o prémio foi um acentuar dos desequilíbrios do plantel. Ficou sem dois avançados sem lhe oferecerem nenhum e se quis reforços para as posições onde tínhamos erros de casting, teve que os ir buscar à equipa B.

Acabou Janeiro, e até Maio foi uma epopeia. No campeonato, recuperou imensos pontos, indo ganhar a campos dificílimos como Guimarães ou Alvalade. E aquele Adamastor, que é o Estádio do Dragão, foi vencido com distinção. 18 vitórias e um empate em 19 jogos? Nem nos nossos melhores sonhos diríamos que era possível. Mas nem tudo foram rosas. Compreendo que o plantel (que agora já sabíamos que estava desequilibrado) não dava para muito mais, mas a derrota na Taça de Portugal e a eliminação na Liga Europa deixaram os adeptos mais românticos muito desiludidos, porque nesses jogos faltou, acima de tudo, alguma entrega.

No final da época, o balanço é positivo, mas só o é porque o objetivo principal foi conseguido. No resto, o Benfica falhou redondamente, e a culpa vem de cima. Há então muito que melhorar na próxima época. Porém, com Bruno Lage no comando, estou confiante. Agora, é preciso competência no mercado e ambição para o futuro, porque um clube com a grandeza do Benfica não pode ficar contente em estar fora do top-20 no ranking da UEFA e em estar no pote 3 da Liga dos Campeões.

Força Benfica, rumo ao 38!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s