Quando as bancadas arrefecem uma equipa

O silêncio é ensurdecedor. Incrível como a inércia de um estádio “esgotado” consegue adormecer um início de jogo frenético. Nem um golo marcado e, pior, nem um sofrido, conseguiram acordar estes adeptos. Uma equipa pequena, hoje, vem à Luz como podia ir a um Jamor vazio. No que toca a pressão, é igual. Que tristeza ver o rumo do nosso clube…

Anúncios

4 thoughts on “Quando as bancadas arrefecem uma equipa

  1. Se baixarem o preço dos bilhetes, atrairão benfiquistas que puxam pela equipa e que pressionam os árbitros e outros adversários. (Sim, “outros”, porque é óbvio que os árbitros nos prejudicam intencionalmente.) Também convém a direção não apoiar dragartos da Federação e da Liga…

    Gostar

  2. Uma tristeza imensa é o que é… Bem posso gritar no sector 21 que invariavelmente será sozinho. Excepção feita a mais 2/3 amigos das redondezas…

    Junte-se a isto uma claque completamente destruída (NN) e outra que procura (re-)ganhar expressão (mas que os tempos actuais não ajudam) e temos um estádio amorfo, silencioso que gasta a maior parte da energia a assobiar os árbitros mas é incapaz de puxar pela equipa…

    Muito triste e frustrante perceber que a maioria das pessoas não entende que quando se diz que as bancadas ganham jogos, não é um mito… é a mais puras das realidades.

    Gostar

  3. O teu post acerta em cheio na mouche. E até que enfim, alguém repara no mesmo que eu: o estádio da Luz parece, na maioria das vezes, um cinema, infelizmente!
    O mesmo retiro das modalidades, em que ressalvo algumas excepções, a maioria dos jogos estão às moscas e nos mais compostos os adeptos estão caladinhos.
    Isto no meu tempo seria impensável. Culpo os preços elevados a falta de bairrismo de Lisboa, nos bairros mais limítrofes ao E. da Luz e quem lá vai é demasiado queque para berrar e puxar a equipa!! Se dizes um impropério por mais ligeiro que seja (pois pode haver crianças, compreenda-se) ou interjeição, fica tudo a olhar! Parecemos “aliens”. Quando o jogo corre bem, qq um gosta de entoar os cânticos, mas na adversidade são poucos os que dão a voz à palmatória. (ainda me lembro de um jogo da Champions Benfica vs Chelsea, onde fomos eliminados em Londres, fiquei muito desiludido com a “aficion” encarnada.
    É uma constatação
    Saudações
    Rogério

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s