Está na hora de repor justiça na história

Aproveitando o mote de ontem, e já que falei no Senhor Voleibol, acho que já era altura de se discutir a reposição da justiça na história das modalidades do Benfica. Eu passo a explicar: se a figura maior do Basquetebol Benfiquista e do português merece ser eternizada no teto do pavilhão do Benfica, não merece menos a figura maior do Voleibol Benfiquista.

Não são precisas muitas palavras para explicar o meu ponto de vista. José Jardim marcou de tal forma o voleibol Benfiquista que é quase impossível dissociar a secção do seu nome. São imensos anos de Benfica, primeiro como jogador, mais tarde como treinador e agora como director desportivo do voleibol do Benfica, bem como são imensos os títulos aos quais José Jardim está ligado (quase 3 dezenas, entre os quais 7 campeonatos nacionais). Mais ainda, José Jardim personifica aqueles que são os valores que todos idealizamos para o Benfica. Não precisamos de ir muito atrás no tempo para exemplificar. Há sensivelmente um ano, soube pôr o Benfica acima de si próprio, e, mesmo tendo um estatuto no clube que lhe permitia deixar o cargo de treinador do Benfica quando quisesse, colocou-o à disposição.

Os anos de dedicação foram recompensados com um cargo na estrutura do Voleibol Benfiquista, e diz quem sabe que a época fantástica que a equipa tem vindo a fazer tem muito mão do senhor Jardim. Sem se deixar influenciar pelo próprio ego, ajudou imenso o actual treinador do Benfica e juntos trilharam um rumo para o clube que tem tudo para ser vitorioso. Que ninguém duvide que, se hoje temos um treinador absolutamente identificado (e uma equipa, diga-se) com a grande instituição que é o Sport Lisboa e Benfica, ao Benfiquismo de José Jardim o devemos.

No meio de tanta humilde, está na altura de fazer uma homenagem nada humilde. Está na hora de engrandecer a grandeza do percurso de José Jardim, e não há maneira melhor de o fazer que colocar uma simbólica camisola deste senhor junto à camisola 7 de Carlos Lisboa.

Anúncios

3 thoughts on “Está na hora de repor justiça na história

  1. Apesar de me identificar com o conteúdo da grande maioria dos seus textos, que têm o benfiquismo totalmente impregnado, nunca venci a inércia de comentar ou, pura e simplesmente, manifestar a minha total concordância. Mas, perante a justeza, repleta de sensibilidade e humanismo, deste seu texto, gostaria de lhe enviar um abraço e dizer-lhe unicamente OBRIGADO pela sua proposta. Desejo que ela se concretize, pois o seu gesto merece só por uma razão: se não valorizarmos quem tanto dá ao Clube, com paixão e humildade, quem o fará? Abraço

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s